Por que a fome nos deixa chatos e irritados?

Com certeza você já ouviu a frase “Não estou para muito amigos, ainda nem almocei”. Mas você sabe qual a relação entre a fome e o mau humor? Parte dessa irritação vem da falta de açúcar no seu sangue, por isso você fica mais feliz quando come uma barra de chocolate.

Vamos do início: quando chega duas ou três da tarde e você não almoçou, seu trabalho não está rendendo e sua atenção está mais voltada ao tic tac do relógio do que no seu serviço. Esses são alguns sintomas que de você está na fase “hangry” (mistura das palavras fome e irritado em inglês). Quando você chega nesse estado, é sinal que sua glicose está baixa e seu cérebro está tentando salvar o pouco que tem.

A glicose é composta pelos carboidratos, proteínas e gorduras que são digeridas em vários tipos de alimentos e que é usada no sangue para produzir energia. Quando seu corpo está com baixos níveis de glicose, seu cérebro pede para que alguns órgãos passem a produzir uma espécie de “estoque reserva” para tentar manter o nível habitual de trabalho do seu cérebro.

Na expectativa de criar um estoque extra, o cérebro “pede” glicose para outras fontes, dentre elas as glândulas supre renais e adrenalina, e são esses dois hormônios responsáveis por colocar o estresse no sangue e te deixar irritado, conhecidos como hormônios contrarreguladores.

E como não deixar a fome te transformar em um “hanger”? Simples, quando você perceber que não vai conseguir fazer uma refeição na hora certa tente enganar o estômago com algum alimento rico em glicose, como o chocolate, por exemplo, mas tome cuidado que o chocolate pode perder o nível de glicose muito rápido. Então se puder gastar um tempo a mais e comer uma fruta ou outros alimentos naturais seria o ideal.