Manual da Vida

Perturbador: Homem acorda depois de 12 anos em coma. “Eu ouvi tudo”

Um sul-africano chamado Martin Pistorius contou o pesadelo que foi estar em estado vegetativo por 12 anos sem poder se comunicar com o mundo mesmo estando consciente de tudo.
O homem foi diagnosticado aos 12 anos de idade com uma forma grave de meningite, que o deixou incapaz de inclusive fazer contato visual.

Mas por volta dos 14 ou 15 anos de idade, o jovem, que atualmente tem 39 anos, recuperou a consciência. No entanto, não conseguia se mover ou falar.
“Eu estava lá, não desde o início, mas depois de dois anos em estado vegetativo comecei a acordar. Tinha consciência de tudo, como uma pessoa normal”, afirmou.
“Todos estavam tão acostumados em não prestar atenção em mim que ninguém notou que comecei a estar presente novamente. A realidade bateu e percebi que passaria o resto da minha vida daquele jeito, totalmente sozinho”, contou.
Tudo o que ele podia fazer na época, ele disse, era “pensar”, mas seus pensamentos se tornaram muito obscuros, que o melhor foi deixar de fazê-lo.
“Você simplesmente existe. É um lugar muito escuro para se encontrar, porque, de certa maneira, você está permitindo a si mesmo a se esvair.”

Durante o período em que ficou em coma, seus pais, Rodney and Joan Pistorius, tinham que fazer tudo por ele, como dar banho e alimentá-lo. Os médicos diziam que Martin, ainda adolescente, logo iria falecer. Para não ver o sofrimento do filho, a mãe chegou a lhe dizer: “espero que você morra”.
Mas o cérebro de Martin começou a funcionar completamente aos 24 anos de idade, quando ele finalmente conseguiu fazer contato com o mundo ao seu redor.
O sul-africano contou sua história em um programa sobre comportamento humano chamado “Invisibilia”, que gravou seus primeiros movimentos aós o fim do estado de coma.