Mulher mandou reformar sua casa e construtores acham algo BIZARRO!

Construtores reformando uma casa ficaram em choque quando eles descobriram algo que os deixariam abismados! Inacreditavelmente os construtores conseguiram achar um caixão de 145 anos de idade – com o corpo preservado de uma menina no interior.

Trabalhadores descobriram o caixão de bronze de um metro de comprimento enquanto eles estavam cavando no quintal da casa, nos arredores de San Francisco, EUA.1

Para sua surpresa, o pequeno caixão revelou uma criança com pele perfeitamente preservada e cabelo loiro vestindo um vestido branco longo e ainda segurando uma rosa vermelha.

 

O túmulo sem identificação – que foi descoberto em 8 de maio – estava forrado com veludo roxo.

A menina – a quem foi dado o nome de Miranda – tinha provavelmente três anos de idade, cujo caixão foi deixado para trás quando um cemitério no local foi movido para um local diferente em 1920.

Especialistas acreditam que o caixão seja um dos 180.000 que foram enterrados no local de Colma.2

A proprietária Ericka Karner não tem qualquer relação com a criança não identificada, mas disseram à ela que era sua responsabilidade lidar com o caixão.

Incrivelmente, ela foi informada que precisava obter uma certidão de óbito, a fim de enterrar a menina – e que tudo isso lhe custaria até US$ 10.000, pelo fato do caixão estar em sua propriedade.

 

Karger disse ao San Francisco Chronicle: “Eu entendo que se uma árvore está em sua propriedade, ela é de sua responsabilidade. Mas isso é diferente.”

Felizmente, algumas instituições de caridade estão ajudando Karner a arcar com as despesas.