Estresse pode mandar por água abaixo seu esforço para manter uma dieta

De acordo com um novo estudo, o estresse pode mandar por água abaixo o seu esforço para manter uma dieta saudável. A nova pesquisa descobriu que mesmo uma quantidade moderada de estresse pode fazer com que uma pessoa perca sua força de vontade na hora de decidir entre um alimento saudável e um mais saboroso porém pobre em saúde.

Para chegar a esses resultados, pesquisadores da Suíça pediram que os participantes escolhessem um alimento após terem passado por momentos de estresse moderado. Isso mostrou que os participantes tinham uma chance maior de escolher uma comida gordurosa quando estavam estressados, em relação a momentos de tranquilidade.

O estudo, que pode ser considerado de pequena escala, mostrou também que as partes do cérebro responsáveis pela busca de gratificações imediatas têm maior atividade após atividades estressantes. Ao mesmo tempo, as áreas que ajudam a controlar a força de vontade para manter um objetivo de longa data, como uma dieta, apresentaram menor atividade.

A pesquisa foi realizada com 51 homens jovens que realizavam atividades físicas e mantinham uma alimentação regulada. Mulheres não fizeram parte do estudo pois o hormônio do estresse, o cortisol, interage com o estrogênio, tornando o controle dos níveis de cortisol uma tarefa muito difícil.

Aproximadamente metade dos homens tiveram que colocar suas mãos em água quase congelada por 3 minutos, uma situação que visava criar estresse moderado nos participantes. Depois disso, foram apresentadas aos homens fotografias de dois alimentos em uma tela de computador – uma comida saudável e outra mais saborosa. Cada participante tinha de escolher uma comida para comer.

Os homens que passaram pela situação estressante tinham mais chances de escolher o alimento saboroso, em detrimento da saúde, em relação aos que não haviam colocado as mãos na água gelada.

Os pesquisadores dizem que um dia muito estressante talvez não afete uma dieta completamente. Mas a sucessão de pequenos eventos estressantes pode sim fazer com que percamos o controle. Para isso, é importante que uma pessoa com o objetivo de não comer alimentos gordurosos, não os mantenha em casa, nem frequente lugares onde esse tipo de comida é servido. Desta forma, de caordo com os especialistas, cortamos o mal pela raíz.