Cuidado com sua saúde! Embalagens de plástico não são saudáveis para a saúde!

De acordo com uma nova pesquisa, dois componentes químicos utilizados em plásticos de embalagem como o da foto abaixo são ligados a um maior risco de desenvolvimento de pressão alta e outros problemas em crianças e adolescentes.

Os dois compostos, diisononil ftalato (DINP) e o diisodetil ftalato (DIDP), foram introduzidos nesses produtos como substitutos para outros produtos similares que tinham efeitos negativos na saúde dos consumidores. Todos esses compostos pertencem a um grupo chamado de ftalatos – normalmente utilizados como plastificantes.

De acordo com os pesquisadores, os compostos químicos “mais seguros” são atualmente utilizados na fabricação de embalagens de plástico, cosméticos e sabão.

No novo estudo, publicado na revista Hypertension, os pesquisadores observaram 1329 crianças e adolescentes com idades entre 8 a 19 anos, medindo a pressão arterial e os níveis de DINP E DIDP na urina dos voluntários. Eis que os resultados demonstraram que a cada aumento de 10x nos níveis dos dois compostos químicos, a pressão arterial das crianças aumentava em 1 ponto, na média. Ainda que o aumento seja pequeno, os pesquisadores dizem que ele é significante para o nível da população.

Em outra pesquisa recente, publicada na revista Clinical Endocrinology and Metabolism, os mesmos pesquisadores observaram 356 adolescentes nas idades de 12 a 19 anos, examinando a relação entre os níveis desses dois compostos químicos e o risco de resistência à insulina, o que pode provocar a diabetes tipo 2. Eles descobriram que aumentos nas concentrações dos compostos químicos na urina estavam ligados a um maior risco de resistência à insulina. Entre os adolescentes no estudo com os maiores níveis de DINP, um a cada três tinha resistência à insulina, comparado a um entre quatro dos que tinham os menores níveis dos químicos na urina.

Para diminuir os níveis desses compostos, Leonardo Trasande, do NYU Langone Medical Center, sugere que as pessoas evitem esquentar a comida em fornos micro-ondas utilizando embalagens de plástico. Além disso, se alguma embalagem de plástico for ser reutilizada, o especialista sugere que ele seja lavado à mão, e não com a utilização de máquinas.