Conheça a aterrorizante Ilha Das Bonecas localizada no México

Considerado patrimônio mundial pela Unesco desde os anos 80, a “Ilha das Bonecas”, localizada na área rural de Xochimilco, México, é uma lenda viva para a cultura do país, relatando uma história de drama e terror que atrai turistas de vários locais para ver e ouvir as histórias que rondam a região, que já foi apelidada de “Lugar de Flores”.

Segundo o portal mexicano Zócalo, a ilha abriga centenas de bonecas penduradas em árvores, várias desmembradas, decapitadas e desgastadas pelo tempo e pela ação da natureza. Espalhadas pela extensão do local, logo na entrada é possível trocar a impressão de ilha paradisíaca para um cenário macabro. Mas por que temos tantas bonecas nesta ilha?

O proprietário desta foi Julian Santa Ana por meio século, até sua morte em 2001. Após ter uma desilusão amorosa, causada pela traição da sua ex-namorada, Santa Ana mudou-se para esta área e foi dedicado ao cultivo de cereais, legumes e flores, e se sustentando do seu cultivo, vendia todos os dias na cidade mais próxima. Ele usava um estilo de vida eremita e nunca falava mais do que o necessário. A ligação com as bonecas veio com a reciclagem de bonecas descartadas, e logo começou a decorar a ilha com elas.

As pessoas começaram a notar que haviam várias bonecas ao redor da ilha, mas ninguém sabia o motivo. Julian faleceu e seu sobrinho assumiu a ilha, expondo a história por trás da exposição dos brinquedos. Nos primeiros dias de morada do primeiro dono, uma mulher morreu afogada às margens.

Há uma boneca especial, que chama a atenção acima do resto. Era a favorita de Julian e ele ia fazer desejos e fazer oferendas a ela, porque a considerava milagrosa. É conhecida como ‘The moneca’, embora ela tenha o nome de batismo “Agustinita”, porque foi encontrada no dia 28 de agosto, o Dia de Santo Agostinho.

 

Até hoje, a ilha é aberta a visita de turistas, que se arriscam a conhecer este lugar, que é alimentado pela população local com a lenda de que abriga espíritos e rituais. Para quem não se assusta, é apenas uma ilha excêntrica que pode render uma boa história.