Bizarro!!! Garota de 17 anos chora sangue

Marnie-Rae vive na região central do Reino Unido, em uma cidade chamada Stoke-on-Trent, e não pode se ausentar de casa nem sair com seus amigos porque o sangramento a obriga a permanecer, todos os dias, praticamente encarcerada.

“Arde e quando cobrem minhas pupilas, como normalmente acontece com as lágrimas, não consigo enxergar”, afirma a jovem. E não se trata apenas de seus olhos: o sangramento também afeta seus ouvidos, nariz, língua e unhas.

Tudo começou em 2013, quando, repentinamente, ela começou a tossir sangue. Os especialistas analisaram seu caso e afirmaram que não era nada grave. No entanto, dois anos depois, ela acordou com seu rosto completamente coberto de sangue, que vinha de seus olhos.

Os paramédicos da ambulância que vieram socorrê-la ficaram chocados: nunca tinham visto nada parecido. “Quando chegamos ao hospital, analisaram meus olhos, mas eles não apresentavam nenhuma anomalia. Eu tinha chorado sangue, mas os olhos estavam normais e o resultado do exame de sangue também”, conta Marnie-Rae.1

Por duas semanas, seus olhos lacrimejaram sangue todos os dias. “Mas um dia, quando eu saía para fazer compras, meus olhos e meus ouvidos começaram a sangrar. Tive que chamar uma ambulância novamente”, ela relata.

Os exames médicos se multiplicaram e não encontraram anomalias que explicassem o estranho sintoma, que, a essa altura, havia se transformado em um verdadeiro tormento para Marnie-Rae. “Outro dia, no hospital, tinha gente que tentava tirar fotos de mim e dizia coisas feias sobre o meu rosto”, desabafa Marnie-Rae