8 curiosidades sobre o campo de concentração alemão Auschwitz que matou milhões de pessoas e você não sabe

Os campos de concentração de Auschwitz marcaram de forma negativa a história da Alemanha e do mundo moderno. Aqui, trazemos oito curiosidades sobre a infeliz marca deixada pelos nazistas.

1 – Mais pessoas morreram em Auschwitz do que a somatória de mortes entre britânicos e estadunidenses na Segunda Guerra Mundial.img_ (1)

2 – Em Auschwitz, um dos guardas da Alemanha se apaixonou por uma prisioneira judia. Ele salvou sua vida várias vezes, e ela testemunhou a seu favor em seu julgamento pós-guerra.img_ (2)

3 – O pai de Anne Frank sobreviveu a Auschwitz, mas morreu em 1980 por conta de um câncer.img_ (3)

4 – Durante o holocausto, o boxeador judeu Salamo Arouch foi aprisionado em Auschwitz. Ele foi obrigado a lutar com seus companheiros, e os perdedores eram enviados para câmaras de gás ou eram executados com tiros. Ele sobreviveu por 2 anos, e passou por mais de 200 lutas, até que foi libertado.img_ (4)

5 – O soldado polonês Witold Pilecki se voluntariou a ser aprisionado em Auschwitz. Lá, coletou informações, conseguiu escapar, e fez o mundo todo saber sobre o holocausto.img_ (5)

6 – Mais de 745 milhões de reais foram gerados para o Estado Nazista pelo trabalho escravo dos judeus.img_ (6)

7 – 1,1 milhão de pessoas morreu durante os quatro anos e meia de existência de Auschwitz.img_ (7)

8 – O principal campo de concentração de Auschwitz era como uma cidade: tinha suas cantinas, cinema, teatro e lojas de utilidades.img_ (8)