Ritual islâmico de sacrifícios transforma ruas em rios de sangue



Um número enorme de sacrifícios de animais marca o festival islâmico de Eid al-Adha, e dessa vez transformou as ruas da capital de Bangladesh em rios de sangue.

Autoridades em Dhaka tinham designado áreas na cidade onde os moradores podiam abater os animais, mas chuvas pesadas na última terça-feira causaram um caos.

Em vez disso, os muçulmanos foram até para parques de estacionamento, garagens e becos para o tradicional Eid al-Adha – ou Festa do Sacrifício – através do abate de gado, mas quando o sangue fluiu para as ruas, as transformaram em rios de sangue.

 

Um enorme ritual de sacrifícios de animais que marca o festival islâmico de Eid al-Adha transformou as ruas da capital de Bangladesh em rios de sangue

1

Pessoas caminhavam tranquilamente nas ruas depois o sangue de animais sacrificados no Eid al-Adha se misturou com água de chuvas fortes em Dhaka, Bangladesh2

 

Autoridades em Dhaka tinha designado áreas na cidade onde os moradores podiam abater os animais, mas chuvas pesadas na terça-feira atrapalharam os planos3

 

Normalmente, uma cabra, ovelha ou uma vaca é morta para comemorar o teste de fé do Profeta Ibrahim no festival.4

 

A carne dos animais sacrificados é compartilhada entre pessoas pobres que não podem se dar ao luxo de sacrificar animais como um gesto de generosidade para promover a harmonia social.5

 

Inundações são comuns em Dhaka, uma cidade com mais de 10 milhões de pessoas, por causa dos sistemas de drenagem escassos.6


islãrio de sangueritualsacrifício